Arquivo da categoria: fotos

E temos fotos da MSXRio’2021!

Apesar da correria de fim de ano, conseguimos organizar as fotos do nosso último encontro de 2021, a MSXRio’2021, o primeiro encontro retrocomputacional pós-pandemia da COVID-19.

Se você tem fotos e quiser publicar, não se acanhe: Contacte-nos para que possamos enriquecer nosso acervo e publicarmos suas fotos. Todos os créditos serão mantidos, e o nosso agradecimento será eterno.

Então… Vamos logo para o álbum de fotos. Clique aqui para acessar o álbum e seja feliz!

As fotos da MSXRio’2019 estão aqui… Você não vai deixar de ver, né?

Dessa vez fomos mais rápidos, e publicamos as fotos da MSXRio’2019 logo. Agora o acervo aumentou, graças aos amigos Juan Carlos Castro y Castro e Victor Setúbal, por terem cedido suas fotos. Com isso, temos muitas fotos novas, como as do protótipo da Hotbyte, da Tecnobytes (nudes!), a versão premium do jogo Los Amores de Brunilda, o jogo The Awakening (do grupo Oniric Factor), entre outros. Se você tirou fotos no encontro e quiser compartilhar, fale conosco e nos repasse as suas fotos para serem publicadas. Todos os créditos serão mantidos, e o nosso agradecimento será eterno.

Então… Vamos logo para o álbum de fotos. Clique aqui para acessar o álbum e seja feliz!

Antes tarde do que mais tarde… As fotos da MSXRio’2019!

Demoramos, mas dessa vez publicamos. E as fotos da MSXRio’2019 já estão disponíveis. São poucas por enquanto, mas se você tirou fotos no encontro e quiser compartilhar, fale conosco e nos repasse as suas fotos para serem publicadas. Todos os créditos serão mantidos, e o nosso agradecimento será eterno.

Ah, mas você quer ver fotos, né? Então clique aqui para acessar o álbum e seja feliz!

São estas as datas para as MSXRio’2019!

Atenção, pessoal, atenção. As datas definidas para os encontros dos entusiastas do microcomputador MSX no Rio de Janeiro são estes:

  • Dia 23 de fevereiro, sábado.
  • Dia 26 de outubro, sábado.

O local, a princípio, permanece o mesmo: Centro Sócio Educativo Lar do Méier, na Rua Garcia Redondo, 103, no Cachambi.

E se você chegou até aqui, saiba que temos mais fotos do álbum da MSXRio’2018. Estão aí embaixo. Divirta-se!

« de 3 »

Achou que não teríamos fotos da MSXRio’2018?

Aqui temos o link para o nosso álbum de fotos. Por enquanto temos 72, mas essa quantidade pode aumentar: Basta que você, que tirou fotos no encontro, fale conosco e nos repasse as suas fotos para serem publicadas. Todos os créditos serão mantidos, e o nosso agradecimento será eterno.

Continue lendo Achou que não teríamos fotos da MSXRio’2018?

E como foi a segunda MSXRio de 2017?

Bem povo, tivemos a segunda MSXRio do ano. Como foi? Bem, temos fotos aí embaixo. Infelizmente o número foi reduzido nesse encontro, veio menos gente… Mas isso não quer dizer que o encontro foi ruim, pelo contrário: Foi muito bom. Conversamos, jogamos… E o sucesso do encontro foi o Sword of Ianna, que todo mundo queria jogar. E tome Double RAM, da Tecnobytes!

Mesmo assim, o grupo MSXRio teve entradas muito boas. Como vocês sabem, o lucro obtido com a venda do material que o grupo MSXRio vende (nos eventos desse Brasil varonil ou via MercadoLivre e OLX), reverte para pagar a hospedagem do site, o domínio .com.br, e principalmente o aluguel do espaço usado para os encontros. Obtivemos entradas muito acima da média, que serão muito úteis para o custeio dos próximos eventos. Novamente, muito obrigado a todos que adquiriram algo. Esperamos que estejam satisfeitos, e iremos ter mais em breve.

E temos mais fotos online. São poucas, mas já dá para ter uma ideia. Estão aí embaixo.

Vida longa ao MSX, e vida longa à MSXRio!

« de 2 »

MSXRio’2017 – e lá vem mais fotos.

Bem, se você não foi… Você sabe o que perdeu. Essa MSXRio, em particular, foi especial. Algumas pessoas inesperadas apareceram, como alguns MSXzeiros de longe: Tivemos a ilustre presença de um MSXzeiro morador de Roraima, outro MSXzeiro sumido que reside em Rio das Ostras (bem mais perto, 250 km), e ainda o sujeito que está jogando, na última foto, que eu não via há 10 anos e uns kg a menos. Só por isso já foi especial.

Também foi especial pelas entradas. Como vocês sabem, o lucro obtido com a venda do material que o grupo MSXRio vende (nos eventos desse Brasil varonil ou via MercadoLivre e OLX), reverte para pagar a hospedagem do site, o domínio .com.br, e principalmente o aluguel do espaço usado para os encontros. E apesar da nossa máquina do Pagseguro ter dado problema, obtivemos entradas muito acima do sonhado, que serão muito úteis para o custeio dos próximos eventos. Novamente, muito obrigado a todos que adquiriram algo. Esperamos que estejam satisfeitos, e iremos ter mais em breve.

E temos mais fotos online. Aproveite e veja aí embaixo. 😉

Quanto ao encontro em si, tivemos MIDI-PAC, 4 monitores num MSX, um Hotbit “mendigo“, músicas no formato VGM… Como sempre, muita fudebagem. MSXRio, na flor da idade! As fotos estão aí embaixo. Se você foi e tem mais fotos para contribuir, contacte-nos para que as coloquemos no acervo, serão devidamente creditadas.

Pronto, chega de falatório. Vamos às fotos!

« de 2 »

E a última MSXRio de 2016 teve fotos? Teve, olha elas aí embaixo!

Novamente, se você não foi… Você sabe o que perdeu. E temos mais fotos online. Aproveite e veja aí embaixo. 😉

O encontro foi como sempre, divertido. E dessa vez tivemos os vídeos para festejar 20 anos de muita fudebagem, e que em breve vocês verão online. Divirtam-se!

« de 2 »

Mais fotos da MSXRio’2016 estão online.

Se você não foi… Você sabe o que perdeu. E você quer fotos, olha aí embaixo. 😉

Dessa vez não choveu como na última vez. Mas foi como sempre, um barato.

« de 2 »

As fotos da MSXRio’2016 já estão online!

Se você não foi… Você sabe o que perdeu. E você quer fotos, olha aí embaixo. 😉

Detalhe: Choveu muito no dia do encontro. A primeira chuva forte foi às 11 horas, e a segunda, foi após o final do encontro. Combinamos com os dirigentes do espaço (Lar do Méier) para tomarmos um lanche por lá e dali irmos embora. Só que com a chuva, ficamos ilhados, e esta foi a maior MSXRio em termos de duração de todas: Saímos às 22 horas do local. Nas fotos também tem uma breve amostra da conversa que ocorreu, no “after hours” do evento.

« de 2 »